• Everton Bottega

MODULAÇÃO HORMONAL

Atualizado: 30 de Mai de 2018


Atualmente criou-se uma cultura ao corpo exacerbada, transformando mulheres em homens e homens em monstros. Por favor, não entendam mal essa colocação. Sugiro apenas que observem o que acontece nesse nicho de pessoas ditas “fitness”. É uma verdadeira ignorância, o que vemos de informações erradas e distorcidas nesse mundo das academias, no sentido de desconhecerem informações corretas. Muitas pessoas utilizam um excesso de hormônios para atingir um nível de condicionamento físico elevado e isso acarreta em mudanças corporais desagradáveis no sentido de AROMATIZAR (efeitos adversos do uso excessivo de drogas hormonais). Essas pessoas chamam de terapia hormonal, sendo isso na verdade mais um vício de hormônio. Infelizmente muitos frequentadores de academia têm deixado de lado os treinos sérios e periodizados, assim como não seguem uma alimentação estratégica e equilibrada e querem resultados o mais rápido possível. Para atingir estes resultados, utilizam drogas hormonais em excesso. O pior de tudo é que amam falar que estão em terapia hormonal, confundindo e fazendo uma verdadeira lambança em seus eixo hormonal, podendo gerar inúmeros prejuízos a própria saúde.


A terapia hormonal nada mais é que ajustar o eixo hormonal que está abaixo dos parâmetros básicos - para manutenção da saúde - e não uma utilização para extrapolar os níveis de forma imediata. O pior de tudo é que muitas pessoas desinformadas acreditam que, quanto mais usarem esses hormônios em quantidade, mais resultados elas terão. Na verdade não é bem assim que isso funciona. Imaginem um copo vazio e que nele vamos colocando água até encher. Após este copo estiver cheio, se continuarmos colocando água, não vai ficar mais cheio que seu limite máximo, irá transbordar e derramar água para todos os lados. Com relação as drogas é mais ou menos isso que acontece quando as pessoas excedem a quantidade ao qual o corpo está absorvendo, prejudicando assim, a sua saúde.


Antes de utilizar qualquer recurso hormonal é fundamental fazer uma bateria de exames solicitadas por um médico. Caso o paciente apresente algum hormônio abaixo dos níveis mínimos, esse mesmo médico irá sugerir uma dose compatível para reajustar o eixo hormonal do paciente, melhorando a saúde, a disposição, o bem estar e a qualidade de vida em geral. Fiquem atentos a orientações duvidáveis de enganadores, pois seu corpo é o bem mais precioso que você pode cuidar.


Grande abraço a todos e sempre A MILHÃO !!!

Treinador Físico e Nutricionista Esportivo Éverton Bottega

CRN: 9713 D

CREF: 009582-G/RS

0 visualização

@evertonbottega

@evertonbottega